18 Outubro 2023

Como fazer prontuário psicológico de forma fácil e rápida?

Saber como fazer prontuário psicológico é essencial para os profissionais da área. Afinal, o documento tem a função de registrar de maneira clara e precisa os detalhes dos atendimentos, contribuindo para a eficácia das sessões e para a evolução dos pacientes.

Contudo, muitos psicólogos têm que lidar com processos manuais, demorados e engessados no manejo desses prontuários. Isso acaba comprometendo a produtividade, dificultando o trabalho de documentação e, consequentemente, afetando a qualidade das consultas.

Nesse contexto, substituir as velhas anotações em papel pela tecnologia faz toda a diferença. É uma ótima maneira de otimizar os prontuários psicológicos, tornando as tarefas de criação, gerenciamento e consulta muito mais práticas, rápidas e intuitivas.

Quer garantir uma abordagem mais eficiente e uma melhor experiência do paciente? A seguir, você vai descobrir como fazer um prontuário no seu consultório psicológico, além de saber mais sobre como funcionam os modelos eletrônicos e suas principais vantagens. 

Acompanhe!

O que é e como fazer prontuário psicológico? 

O prontuário psicológico é um documento elaborado pelo psicólogo para registrar as informações relevantes dos pacientes, monitorar a evolução dos tratamentos e documentar as sessões realizadas.

Dada a sua importância no registro e controle das sessões, ele precisa ser claro, completo, bem estruturado e de fácil acesso. 

Resolução n.º 001/2009 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) torna obrigatórios os registros documentais pelos profissionais de psicologia. Eles podem ser manuscritos, impressos ou digitais. Este último, inclusive, traz diversos benefícios em relação ao formato físico. 

Antes de entender as vantagens do modelo eletrônico, que abordaremos em seguida, é importante conhecer as exigências da Resolução 001 sobre como fazer prontuário psicológico. De acordo as normas do CFP, o documento deve conter:

  • Nome completo do paciente, telefone, data de nascimento e outros dados relevantes, como profissão e nome dos pais ou responsáveis (no caso de menores de 18 anos);
  • Informações do psicólogo responsável pelo atendimento. Isso inclui seu nome completo, CRP (Conselho Regional de Psicologia) e número do registro profissional;
  • Avaliação de demanda e objetivo do trabalho, explicando os motivos que levaram o paciente a buscar pelo profissional, suas queixas e os problemas a serem tratados;
  • Registro da evolução psicológica do paciente em cada consulta. Ele precisa de clareza e organização para a análise posterior, no contexto amplo;
  • Registro dos andamentos, diagnósticos definidos ao longo do processo, eventuais encaminhamentos para outros profissionais e o encerramento das sessões;
  • Arquivamento dos documentos de avaliação psicológica. Trata-se de um instrumento exclusivo do psicólogo e não deve ser levado pelo paciente junto do prontuário.

Agora que você já sabe o que deve constar no documento, veja abaixo como fazer prontuário psicológico de um jeito mais eficiente, prático, seguro e dentro das exigências do CFP, com o apoio da tecnologia. 

Como funciona o prontuário eletrônico? 

prontuário eletrônico do paciente, também conhecido pela sigla PEP, é uma ferramenta disponibilizada em softwares de gestão para consultório médico.

Trata-se de um documento digital que contém praticamente as mesmas informações das versões em papel utilizadas nos consultórios. A diferença está na praticidade de preenchê-lo e gerenciá-lo. 

Isso porque todos os dados ficam integrados aos demais registros do paciente. Assim, é mais fácil acessá-los quando necessário. Além disso, o acompanhamento da pessoa atendida torna-se mais eficiente, pois há mais facilidade e praticidade para checar suas informações e histórico. 

Com uma interface intuitiva e completa para inserir e gerir as informações, o PEP fica sempre ao alcance do psicólogo, do paciente e até de outros profissionais interessados, como nos casos de encaminhamentos a psiquiatras, por exemplo. 

Inclusive, essa mesma característica permite o acesso remoto aos dados contidos no prontuário. Graças à digitalização, o profissional pode acessar e alterar o documento fora do consultório, se necessário. 

Tanto o prontuário físico quanto o digital podem ser solicitados pelo próprio paciente. No caso dos prontuários eletrônicos, é muito mais simples atender esse pedido. Alguns sistemas, como o Feegow Clinic, permitem imprimir o PEP quando preciso.

Se um paciente solicitar seu prontuário, a clínica tem obrigação de fornecê-lo. Do contrário, ela pode sofrer sanções administrativas e prejuízos por conta da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Vale reforçar que, ao escolher um software para consultório psicológico e clínica médica, certifique-se que este possui protocolos de seguranças robustos e criptografados. Assim você estará protegendo os seus dados, dos pacientes e da instituição de saúde de possíveis vazamentos ou manuseios não autorizados.

Por estarem no ambiente digital, as informações passam por backups constantes. Assim, elas não podem ser extraviadas, mesmo se ocorrer algum dano na infraestrutura física da clínica. 

Quais são os benefícios dos prontuários eletrônicos para psicólogos e pacientes? 

Como você viu, a grande vantagem do prontuário eletrônico está na agilidade e eficiência que confere aos registros dos pacientes.

Para além desses, a implementação desse formato ainda oferece uma série de outros benefícios em prol do desempenho, segurança e qualidade dos atendimentos psicológicos. Confira os principais a seguir. 

Agilidade e transparência

Ao compreender como fazer prontuário psicológico no formato eletrônico, você garante ganhos significativos em termos de agilidade, seja no atendimento, no acompanhamento da evolução do paciente ou na definição do diagnóstico. 

Além disso, a experiência das consultas também é favorecida em termos de transparência, considerando que as pessoas atendidas podem, a qualquer momento, solicitar acesso ao histórico registrado no prontuário. 

Mais assertividade

A digitalização do prontuário elimina as chances de que os registros fiquem ilegíveis, seja por erro anterior de sua parte ou de outro profissional que tenha eventualmente atendido o paciente. 

Outro fator que contribui para a assertividade dos atendimentos é que as chances de perda de informações são eliminadas. Afinal, tudo fica armazenado pelo software. Somado a isso, os dados ficam organizados no ambiente digital, sem riscos de trocas entre pacientes. 

Redução de custos

Saber como fazer prontuário psicológico é um passo importante para eliminar o uso de papéis no consultório. Sem precisar imprimir documentos, você garante uma redução importante de gastos relativos a materiais de escritório.

A economia também ocorre em termos de infraestrutura, pois não é preciso ocupar e manter espaços para armazenar pastas e arquivos. A diminuição da papelada e dos processos manuais ainda gera maior eficiência operacional e otimização de tempo, que impactam diretamente no lucro. 

Segurança dos dados

Quando tratamos de prontuários, a segurança das informações privadas e sensíveis dos pacientes é uma preocupação fundamental. Com o PEP, essa proteção é garantida. Inclusive, ela é maior em relação aos documentos físicos.

Entre as principais características de segurança que um PEP precisa ter estão:

  • Mecanismos para controle de acesso;
  • Protocolos de segurança robustos;
  • Criptografia de ponta a ponta;
  • Acesso e modificação de informações apenas por profissionais autorizados.

Acesso fácil e rápido

Uma vez ciente de como fazer prontuário psicológico eletrônico e adotando-o, você passa a contar com uma ferramenta baseada em nuvem. Ou seja, seus dados podem ser acessados de qualquer dispositivo com conexão à internet. 

Isso permite um acesso ágil às informações da última consulta, melhorando a experiência do paciente. Além disso, se diferentes profissionais da sua clínica atenderem a mesma pessoa, todos têm acesso ao mesmo PEP, garantindo uma visão abrangente e integrada do histórico.

Por que contar com um software para fazer um prontuário psicológico com rapidez e praticidade?

Agora que você sabe como fazer prontuário psicológico e as vantagens do formato eletrônico, não abra mão deste tipo de ferramenta nos seus atendimentos.

No mesmo software em que você acessa o PEP, é possível ter acesso a inúmeros recursos de gestão para a sua clínica. Com eles, você automatiza tarefas corriqueiras, garante processos mais eficientes e torna seus atendimentos mais práticos, rápidos e de maior qualidade.

O Feegow Clinic é a plataforma especializada mais robusta do mercado. São mais de 200 funcionalidades para descomplicar e agilizar o seu dia a dia.

Nossa tecnologia permite gerenciar a sua clínica de forma intuitiva, eficiente e 100% online. Os recursos englobam desde os agendamentos, até demandas financeiras, de faturamento, gerenciamento, além dos próprios atendimentos.

Somado a tudo isso, você ainda pode contratar o recurso de Telemedicina ou o Feegow Marketing, uma “agência interna” especializada na prestação de serviços de marketing para profissionais de saúde.

Ao todo, são mais de 200 funcionalidades para você otimizar a sua rotina profissional. 

Se você gostou de saber como fazer prontuário psicológico, explore na prática as possibilidades e diferenciais do nosso software de gestão para clínicas. Teste o Feegow Clinic gratuitamente!

Prontuário Eletrônico - a simplicidade e eficiência que você merece! 

Faça um teste grátis agora!

Perguntas frequentes:

Prontuários eletrônicos são sigilosos?

Sim! Segundo a Portaria Conjunta n.º 002/2020, os PEPs devem garantir a segurança dos dados dos pacientes, protegendo-as via certificado digital e não permitindo sua gravação nas estações de trabalho.

O prontuário eletrônico do Feegow Clinic é seguro?

O prontuário eletrônico do Feegow Clinic é certificado pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde com Nível de Garantia de Segurança 2. Além disso, ele possui 100% de conformidade com a LGPD.

É possível ver o histórico de agendamentos pelo prontuário eletrônico do paciente?

No Feegow Clinic, o prontuário eletrônico conta com a funcionalidade de agendamentos. A finalidade é simplificar o controle e unificar as informações de histórico de agendamento em um único campo, apresentando-o de forma detalhada.